COR: O que é preciso saber para escolher a cor correta para sua empresa

05.01.2018

 

 

A Importância da Cor

 

 

A cor está em tudo!  Usamos as cores para várias coisas, como escolher alimentos, tênis, roupas, entre tantas outras situações no nosso dia a dia.

 

 

As cores são fundamentais, pois influenciam na percepção do espaço, no humor e nas reações. Com isso, a psicologia das cores tem um forte poder sobre as impressões e percepções das pessoas, podendo até mesmo alterar seu estado de espírito em alguns casos. 

Então surge a questão: Qual cor escolher para minha empresa?

 

Primeiro, é preciso entender o que as cores falam. Elas se expressam! 

Você sabe qual efeito a cor pode trazer para o ambiente da sua empresa?

Já parou para pensar se a cor que você escolheu é de sua necessidade (seu gosto) ou é para seu público-alvo? 

 

 

Quando pensamos em qual cor usar é importante ter em mente alguns conceitos, pois variam muito de pessoa para pessoa, cultura e região. 

Desde o começo da história do homem, as cores sempre estiveram presentes. Elas faziam parte mais das necessidades psicológicas do que das estéticas, como por exemplo, na história dos egípcios que sentiam na cor um profundo sentido psicológico, tendo cada cor como um símbolo.  

Posteriormente nas artes, Vincent van Gogh conferiu às suas pinturas sensações cromáticas deslumbrantes, que traduzem intensas cargas emotivas e psicológicas de seu autor.

 

Terraço do Café à Noite, cujo nome completo é O Terraço do Café na Place du Forum, Arles, à Noite, é uma obra do pintor holandês Vincent van Gogh. 

 

Mas, foi só no século XIX que houve um interesse maior em estudar cientificamente a cor, até mesmo com a participação de filósofos e escritores.

Como falado anteriormente, o significado das cores é diferente para cada cultura. A mesma cor pode gerar diferentes estados emocionais, pois cada cultura tem seu modo de interpretá-la.

 

O festival Holi, que é um dos maiores festivais no norte da Índia, celebra o início da Primavera com música, cores e muita alegria, como forma de simbolizar a vitória do Bem (Primavera) contra o Mal (Inverno).

 

 

 Para os chineses, o vermelho é a cor do amor.  Ainda nos dias de hoje, as noivas usam roupa vermelha em cerimônias de casamento na China, apesar da influência ocidental do tradicional vestido branco.

 

 

"A cor é uma linguagem individual.  O homem reage a ela subordinados as suas condições físicas e as suas influências culturais."

-  Modesto Farina

 

 

Cores Quentes e Frias

 

O psicólogo alemão Wundt percebeu que as cores podem provocar diversas sensações térmicas, estabelecendo a divisão delas em dois grupos:

 

 

Cores Quentes:  São o magenta, o amarelo e todas em que essas predominem.  Sugerem luz, calor, fogo, proporcionando uma sensação de atividade e dinamismo.  As cores quentes estimulam, criam movimento e alegria.

 

Cores Frias:  São o ciano, verde e todas as demais relacionadas.  Transmitem sensação de conforto, tranquilidade, associando ao frio e à água.  Elas acalmam os olhos e sugerem suavidade a ambientes estáticos.

 

 

 

Algumas dicas sobre a escolha das cores

 

1 . Cores diferentes, expostas em diferentes iluminações, irradiam diferentes frequências. Por isso algumas cores motivam e outras fazem com que você fique bravo.  Outras elevam a pressão arterial, e outras acalmam.

 

2 . E devemos sempre lembrar que a iluminação interfere nas cores, mas falaremos sobre esse assunto em outro post!

 

3 . As cores devem estar aliadas aos adornos, iluminação, música, fragrância e refrigeração, para gerar um mix de sensações nos ambientes.

 

 

Projeto de Academia realizado pela Be Design Estratégico, onde as cores foram trabalhadas de forma a trazer equilíbrio de sensações em todos os ambientes.

 

 

4.  Tente usar a cor como ponto focal.

 

5 . Vale lembrar que uma mudança de cor é uma solução de baixo custo para mudar o ambiente.

 

Exemplo de empresa com cores como ponto focal.

 

 

Saber usar a cor de forma estratégica nas empresas é fundamental, pois se torna uma grande ferramenta para reforçar a marca, valorizar seus produtos e sua empresa, atrair e fidelizar de forma correta o seu público-alvo.

 

Mas não se esqueça que o designer de interiores é um profissional habilitado para fazer o estudo de cores para sua empresa de forma eficiente, harmonizando-a com os outros elementos e revestimentos.

 

 

Se quiser saber como utilizar as cores de forma assertiva em sua empresa com o direcionamento de especialistas, entre em contato com equipe da Be Design Estratégico!

 

 

 

 

Fontes:

GURGEL, Miriam. Projetando Espaços - Guia De Arquitetura De Interiores Para Áreas Comerciais – Editora SENAC, 2017.

HELLER, Eva. Psicologia das Cores: como as cores afetam a emoção e a razão – Editora Gustavo Gili, 2013.

FARINA, Modesto. Psicodinâmica das Cores Em Comunicação – Ed. Blucher, 2011.

CHIEF OF DESIGN:  www.chiefofdesign.com.br

 

Share on Facebook
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Todos os direitos reservados © Be Design Estratégico 2019 - CNPJ 27.899.344/0001-30