8 Dicas Importantes para uma boa Gestão Financeira da sua empresa

11.03.2018

Nessa última sexta-feira, dia 09/03/18, participamos de um evento maravilhoso com a Camila Farani e Robinson Shiba, os apresentadores do programa Shark Tank Brasil, que é a versão brasileira do reality show norte-americano, com investidores interessados em dar apoio financeiro a grandes ideias de empreendimento.

 

 A Be Design na palestra do Shark Tank Brasil

 

 

Durante a palestra, Robinson Shiba (fundador da rede China In Box e Gendai), abordou um tema que ele identifica como uma das principais dificuldades que o empreendedor enfrenta: a falta ou a ineficiência de uma gestão financeira.

 

E, como foi prometido na inauguração do nosso site e também aproveitando a dica do “Shark” Shiba, a Be Design Estratégico irá abordar neste post os principais conceitos para você que ainda não faz, ou ainda tem dúvidas sobre a gestão financeira da sua empresa.

 

 

 

 

 

Bom, você criou sua empresa com vários objetivos, e com certeza o principal deles é o de gerar lucro.  Mas primeiro, veja se você consegue responder às seguintes perguntas:

 

  • Você consegue identificar se sua empresa realmente está gerando lucro?

  • Sabe qual o valor desse lucro? 

  • Quais os serviços e produtos que mais estão gerando receita? 

  • Quais as etapas do processo de produção que geram mais custos?

  • Sabe dizer se a precificação está correta?

 

Para ter respostas para todas essas perguntas é necessário realizar um bom planejamento financeiro.  E para isso é necessário entender alguns conceitos básicos do mundo das finanças para começar a colocar ordem na casa!

 

 

Leia até o final e veja algumas dicas valiosas.

 

Se a sua empresa ainda estiver desatualizada, tenho uma má notícia para te dar...

 

 

 

 

1 - Separe as finanças pessoais das finanças da empresa

 

Parece óbvio, mas muitos empresários não se organizam dessa forma.  Vale a pena ter contas bancárias distintas.

 

 

 

2 - Não faça retiradas indevidas

 

Mesmo quando der aquela tentação de fazer retirada da conta da empresa para pagar uma conta pessoal, evite.  Ou se for inevitável, faça o lançamento de forma correta no seu fluxo de caixa, pois você estará em débito com a empresa, e esse valor deverá ser ressarcido (sim, isso mesmo!).

 

 

3 - Todas as entradas e saídas, por menores que sejam, devem ser registradas

 

Peça e guarde todos os comprovantes. Isso exige muita disciplina, e mesmo que não consiga fazer os lançamentos diariamente, pelo menos uma vez por semana os registros devem ser atualizados.

 

 

 

 

4 - Receita x Despesa

 

A melhor fórmula para medir a saúde financeira de uma empresa é:

 

Receita > Despesas

 

Parece simples, mas exige um pouco mais de conhecimento.

 

Receita é tudo o que é arrecadado, são todas as entradas de recursos através da venda dos seus produtos ou serviços.

 

Despesas são todos os gastos fixos e variáveis com recursos necessários para vender seus produtos ou serviços (conta de água, de luz, salário de funcionários, etc.).

 

Então podemos chegar à seguinte conclusão:

 

Se Receita = Despesa = Resultado Nulo

 

Se Receita > Despesa = Superávit (Resultado Positivo / Lucro)

 

Se Receita < Despesa = Déficit (Resultado Negativo / Prejuízo)

 

 

5 - Entradas x Saídas

 

Nem todas as entradas são consideradas receitas!

 

Se você solicitar um empréstimo em uma instituição financeira para pagar dívidas da empresa ou fazer investimentos (como compra de equipamento), esse recurso obtido não é considerado receita, pois não teve origem através de uma atividade fim da empresa.  Mas essa obtenção de recurso deve ser lançada como entrada.

 

Entradas são todos os recursos que chegam ao caixa da empresa, sendo receita ou não.

 

As saídas seguem o mesmo princípio.  São todos os recursos que saem do caixa da empresa, independente se forem despesas. Continuando o exemplo do empréstimo, o recurso será lançado como entrada, e a compra do equipamento será lançado como saída (e não despesa).

 

 

 

6 - Fluxo de Caixa

 

 

O fluxo de caixa é um instrumento de gestão financeira que projeta para períodos futuros todas as entradas e saídas, indicando como será o saldo do caixa para o período projetado.

 

Ele serve para organizar as entradas e saídas, assim como as despesas e receitas, sendo a principal ferramenta para controle financeiro e tomada de decisões.  Pode ser feito através de planilhas em Excel, aplicativos disponíveis no mercado ou, dependendo da complexidade das operações da sua empresa, pode-se desenvolver um programa exclusivo.

 

O ideal é projetar o fluxo de caixa para 01 (um) ano, mas com estrutura flexível, onde as informações de entrada e saída possam ser inseridas de acordo com as necessidades da empresa.

 

O fluxo de caixa se torna um dos principais indicadores da saúde financeira da empresa.  Através dele se toma conhecimento do valor total das receitas obtidas com as vendas, do custo das vendas, identifica-se a receita diária, semanal e mensal, além da possibilidade de levantamento de outros dados importantes que auxiliarão nas tomadas de decisões estratégicas.

 

 Exemplo de planilha de fluxo de caixa no Excel 

 

 

 

7 - Capital de Giro

 

Realizar a reserva para o Capital de Giro é uma medida responsável para manter o funcionamento sustentável da sua empresa.

 

O capital de giro é a quantidade de recursos necessários para financiar a continuidade das operações da sua empresa.  Uma forma mais simples que costumo explicar é:

 

Quanto de recurso financeiro é preciso ter reservado para manter sua empresa aberta por um determinado período de tempo (06 meses ou 01 ano) mesmo que você NÃO VENDA ABSOLUTAMENTE NADA?

 

 

Nessa projeção devem ser considerados os pagamentos aos fornecedores, os impostos a pagar e as despesas mensais (energia, aluguel, telefone, salários, etc.).

 

Se você trabalha com vendas a prazo, com faturamento para 30, 60 ou 90 dias, esse gap também deve ser projetado no seu capital de giro, pois você terá que cobrir esses recursos enquanto não os recebe.

 

Se você trabalha com estoque, também deve-se fazer a projeção de reposição para inserir no cálculo do seu capital de giro.

 

Ou seja, o seu fluxo de caixa deve ser bem organizado, minucioso e atualizado, pois ele é extremamente importante para calcular seu capital de giro.

 

  

 

8 – Aplicativos e Planilhas

 

Abaixo indico alguns aplicativos que utilizamos aqui na Be Design e links para planilha de fluxo de caixa.  O ideal é você testar e ver qual se adapta melhor à realidade da sua empresa.

 

 

Quipu:

Esse é ideal para quem é MEI.  Particularmente, esse é o que eu mais gosto, pois ainda dá para sincronizar as guias dos impostos a serem pagos, contas bancárias, emitir notas fiscais e fazer o fluxo de caixa.  E a interface do aplicativo é bem intuitiva, boa de usar.

 

https://www.qipu.com.br/

 

 

 

Quick Books Zero Paper: 

Também faz controle financeiro, dá para realizar em equipe e ainda gera relatórios para análise.

 

https://quickbooks.intuit.com/br/

 

 

 

Guia Bolso:  

Esse é referência no mercado, mas é voltado para Pessoa Física.

 

 https://www.guiabolso.com.br/

 

 

Sebrae: 

O Sebrae disponibiliza vários e-books explicando melhor sobre a utilização do fluxo de caixa e capital de giro, além de disponibilizar planilhas prontas.

 

http://www.sebrae.com.br/Sebrae/Portal%20Sebrae/Anexos/0_Fluxo_de_Caixa_planilha1.xlsx

 

 

 

Conclusão

 

Vimos que as palavras-chave para o sucesso financeiro são:

  • Organização

  • Controle

  • Disciplina

Além do envolvimento de todos da equipe para que o planejamento seja executado.

 

 

 

Espero que com esses conceitos-base sobre gestão financeira você consiga realizar um bom planejamento para sua empresa.

 

Nem sempre conseguiremos dar conta de todo esse controle, mas hoje os aplicativos facilitam muito a nossa vida.  Também não deixe de contar sempre com o apoio de uma boa empresa de contabilidade. 

 

Não se esqueça que quando você abre uma empresa, você automaticamente se casa com o Governo (pagamento de impostos) e com um contador!

 

Brincadeiras à parte, se ainda estiver com alguma dúvida, entre em contato ou deixe um comentário aqui no post.

 

 

Sucesso!

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Todos os direitos reservados © Be Design Estratégico 2019 - CNPJ 27.899.344/0001-30